25 de junho de 2016

Sábado musical..

O Benjamin Clementine foi uma boa surpresa..



Quando um remix dá certo..


Triste e consistente..


Essa não é pra pessoas normais:


Bonitinha..



Eu não consegui decidir qual das 3 novas do Strokes é a melhor..



Essa é uma das melhores músicas que você vai ouvir no ano..
Sério..

14 de junho de 2016

Luto


Estupro coletivo no Rio de Janeiro..
Eu tentei não escrever sobre isto.. Não é fácil pra ninguém..
Talvez por isso alguns coloquem os fones de ouvido pra não se envolver.
Outros tentam ver outras notícias pra não ter que tocar no assunto.
Mas como eu posso ver outras coisas depois disso..
Eu também sou culpado.

Não dá pra fingir que está tudo bem.. Ficar postando fotos ou piadinhas..
Isso quando não posta opinião idiota colocando a culpa do estupro no Funk Carioca ou na roupa que a menina estava usando.

Eu não posso aceitar o jornalista (que deveria estar combatendo o estupro) explicando para duas mulheres na redação que o problema é que ela já tinha dado para vários caras ao mesmo tempo outras vezes, segundo a avó dela.
As duas moças concordaram com ele.. Se ela era vagabunda, de repente não foi beeem um estupro.

E o Alexandre Frota e o Bolsonaro são responsáveis sim pela cultura do estupro..
Assim como você, que acha que se ela estivesse lavando louça não teria sido estuprada.

Esse machismo tem que acabar.

Mas como isso foi escrito no mês passado..
E ninguém liga mais..
Já podemos voltar à vida normal..


19 de abril de 2016

Brasil bobinho..








Se você é um daqueles (as) que ficou todo esse tempo a favor de derrubar o PT e depois dos discursos de domingo ficou envergonhado..

Agora não adianta dizer que o que você queria não era bem isso e que o que você quer mesmo é o “Fora Cunha”, “Fora Temer”, “Pelo fim da corrupção”, “Pelo futuro de nosso país” etc.

Não é bem assim que funciona..
Não te avisaram antes, mas tudo continuará como sempre.

Agora os senadores e deputados do PMDB são “um novo PMDB”. E o novo PMDB não é corrupto.
Agora temos um congresso capaz e honesto.
Agora vai..

Meu Brasil





O Impeachment de Dilma ainda precisa passar pelo Senado e depois ser julgado pelo STF.
Mas a imprensa, já dá como certo o “Tchau Querida”..
Com matérias sobre a nova primeira dama, bela, recatada e do lar, ser nossa Grace Kelly e notícias sobre os novos ministérios de Temer.

25 de março de 2016

A culpa do Governo






A grande culpa desse governo (desde 2003), desde os primeiros dias, é queimar o filme da Esquerda. Foder o rolê.
Sim porque foi a primeira vez no Brasil que a Esquerda chegou tão longe e poderia ter sido bom de verdade. Poderiam ter investido em educação e ter mudado o país. Já tiveram tempo para isso. Podiam ter feito mais e roubado menos.

“A classe política brasileira e os mais altos níveis de sua classe econômica são repletos de corrupção há muito tempo. E o que aconteceu é que instituições judiciais e policiais têm amadurecido. E assim, pela primeira vez, as elites políticas e econômicas estão se responsabilizado por corrupção política e econômica muito séria.
A corrupção é generalizada em praticamente todas as facções políticas influentes no Brasil, incluindo todos os seus partidos políticos. Que inclui o Partido dos Trabalhadores, mas também, os partidos da oposição do centro e de direita que estão tentando substituí-lo. Assim, a corrupção é muito real.
Uma investigação judicial impressionante que resultou na detenção e acusação de alguns dos mais ricos e poderosos, algo do país que você nunca vê nos Estados Unidos: Bilionários sendo levados para a cadeia por corrupção, lavagem de dinheiro, evasão fiscal e corrupção, e condenados a muitos anos de prisão. E praticamente todos os adversários políticos da presidente Dilma estão implicados por essa corrupção, e muitas das pessoas em seu partido estão também.

A ironia desta corrupção generalizada é que a presidente Dilma Rousseff é um dos únicos políticos significativos no Brasil a não estar implicada em qualquer tipo de esquema de corrupção para enriquecimento pessoal.” (desse artigo aqui..)

Mas claro.. Temos que ver os corruptos sendo realmente presos. E isso ainda não aconteceu de verdade.

Fora isso tem-se o fato de que Lula veio do povo pobre (e tanto ele se aproveita disso para crescer em sua posição populista, quanto incita o ódio dos mais abastados.) As pessoas o vem como o sujeito pobre e sem estudo e simplesmente não podem aceitar que alguém que tenha estudado muito menos possa ser o representante do País. Alguém com um dedo à menos..
E isso tem ficado claro no antagonismo que se vê entre as pessoas. No ódio ao Lula e a tudo que ele representa.

Pôr fim ao governo Lula




Texto publicado na Folha de S. Paulo em 15/11/2005

Afirmo que o governo Lula é o mais corrupto de nossa história nacional. Corrupção tanto mais nefasta por servir à compra de congressistas, à politização da Polícia Federal e das agências reguladoras, ao achincalhamento dos partidos políticos e à tentativa de dobrar qualquer instituição do Estado capaz de se contrapor a seus desmandos.

Afirmo ser obrigação do Congresso Nacional declarar prontamente o impedimento do presidente. As provas acumuladas de seu envolvimento em crimes de responsabilidade podem ainda não bastar para assegurar sua condenação em juízo. Já são, porém, mais do que suficientes para atender ao critério constitucional do impedimento. Desde o primeiro dia de seu mandato o presidente desrespeitou as instituições republicanas. Imiscuiu-se, e deixou que seus mais próximos se imiscuíssem, em disputas e negócios privados. E comandou, com um olho fechado e outro aberto, um aparato político que trocou dinheiro por poder e poder por dinheiro e que depois tentou comprar, com a liberação de recursos orçamentários, apoio para interromper a investigação de seus abusos.

Afirmo que a aproximação do fim de seu mandato não é motivo para deixar de declarar o impedimento do presidente, dados a gravidade dos crimes de responsabilidade que ele cometeu e o perigo de que a repetição desses crimes contamine a eleição vindoura. Quem diz que só aos eleitores cabe julgar não compreende as premissas do presidencialismo e não leva a Constituição a sério.

Afirmo que descumpririam seu juramento constitucional e demonstrariam deslealdade para com a República os mandatários que, em nome de lealdade ao presidente, deixassem de exigir seu impedimento. No regime republicano a lealdade às leis se sobrepõe à lealdade aos homens.

Afirmo que o governo Lula fraudou a vontade dos brasileiros ao radicalizar o projeto que foi eleito para substituir, ameaçando a democracia com o veneno do cinismo. Ao transformar o Brasil no país continental em desenvolvimento que menos cresce, esse projeto impôs mediocridade aos que querem pujança.

Afirmo que o presidente, avesso ao trabalho e ao estudo, desatento aos negócios do Estado, fugidio de tudo o que lhe traga dificuldade ou dissabor e orgulhoso de sua própria ignorância, mostrou-se inapto para o cargo sagrado que o povo brasileiro lhe confiou.

Afirmo que a oposição praticada pelo PSDB é impostura. Acumpliciados nos mesmos crimes e aderentes ao mesmo projeto, o PT e o PSDB são hoje as duas cabeças do mesmo monstro que sufoca o Brasil. As duas cabeças precisam ser esmagadas juntas.

Afirmo que as bases sociais do governo Lula são os rentistas, a quem se transferem os recursos pilhados do trabalho e da produção, e os desesperados, de quem se aproveitam, cruelmente, a subjugação econômica e a desinformação política. E que seu inimigo principal são as classes médias, de cuja capacidade para esclarecer a massa popular depende, mais do que nunca, o futuro da República.

Afirmo que a repetição perseverante dessas verdades em todo o país acabará por acender, nos corações dos brasileiros, uma chama que reduzirá a cinzas um sistema que hoje se julga intocável e perpétuo.

Afirmo que, nesse 15 de novembro, o dever de todos os cidadãos é negar o direito de presidir as comemorações da proclamação da República aos que corromperam e esvaziaram as instituições republicanas.

Roberto Mangabeira Unger